Cirurgia Veterinária

Muitas doenças em cães e gatos  dependem de cirurgias  para seu tratamento. Algumas são  cirurgias eletivas, que são agendadas com antecedência, outras com caráter de  urgência, para o tratamento de doenças com evolução rápida e implacável. As  castrações  são exemplos clássicos de cirurgias eletivas e são muito praticadas para evitar os transtornos relacionados ao cio das fêmeas, como método contraceptivo definitivo e para prevenção de doenças.

As  cirurgias de emergência  são aquelas onde a doença causa risco para a vida do animal. O maior exemplo de cirurgia emergencial na veterinária é a  dilatação/torção gástrica, que ocorre em cães de grande porte e pode levar à morte se não houver tratamento clínico e cirúrgico.